Como saber se o redesign do site está prejudicando sua busca paga?

Depois de analisar os efeitos de sua presença digital e entender a necessidade de aplicar o redesign do site da sua empresa, é hora de observar os resultados dessa ação para avaliar a sua efetividade.

Fazer essa medição dos resultados, aliás, é justamente a base do marketing digital, e uma de suas maiores vantagens quando comparado ao marketing tradicional. Tal análise é fundamental para avaliar se o desempenho esperado pelo redesign foi alcançado ou se novas mudanças ainda são necessárias.

Neste artigo, falaremos sobre pontos que são essenciais no redesign de um site. Assim, você identificará com antecedência os problemas mais comuns desse processo, bem como o seu impacto nos resultados da empresa. Confira a seguir!

Número de telefone

Caso um dos objetivos do seu site seja aumentar o volume de contatos telefônicos recebidos, esse é um item que merece muita atenção. Sendo, nesse caso, um importante KPI para a empresa — por onde negócios são efetivados —, ele deve ser mensurado constantemente.

Muitas vezes, no processo de redesign do site, o número de telefone acaba sendo reduzido — por uma questão de harmonia estética — ou, ainda, é colocado em uma posição menos visível ao usuário.

Isso torna-se um problema se a finalidade é fazer com que o usuário realize uma determinada ação — a ligação —, esta deve ser facilitada ao máximo. Com um número bem posicionado, as chances de ter o objetivo alcançado aumentam.

Selos e testemunhos

Em alguns casos, diversos elementos que trazem confiabilidade para a sua marca são retirados do site. Testemunhos de clientes, selos e certificados de confiança, entre outros, são simplesmente removidos ou relegados para determinadas páginas.

Acontece que todos esses itens têm papel importante na construção da autoridade da sua marca, enquanto o usuário está no site. Ao usar um certificado ou selo emitido por um órgão regulador, por exemplo, seu site absorve um pouco de sua confiabilidade.

O mesmo vale para testemunhos, que são verdadeiras provas sociais da competência de sua empresa diante de seus potenciais clientes. Por isso, recomendamos que eles estejam em todas as suas páginas, a fim de que os usuários possam vê-los e para que sua empresa se beneficie disso.

Códigos de rastreio

Os códigos de rastreio são ferramentas importantes para mensurar todos os dados de navegação dos usuários e entender como eles interagem com seu site. Logo, configurar cada um deles da maneira correta permitirá a você acompanhar todos os números de seu site, sabendo exatamente a sua performance.

Alguns dos códigos mais usados na internet são:

  • código do Google Analytics: rastreia todo o tráfego e seu comportamento dentro do site. Deve ser inserido em todas as páginas, sem exceção;
  • remarketing do Google AdWords: com esse código, é possível impactar os usuários que já acessaram seu site. Isso é feito por meio de anúncios específicos para esse público, aumentando a sua relevância;
  • conversão do Google AdWords: ele permite rastrear e medir se os usuários realizaram a ação que queremos que ele execute no site, seja uma compra ou o preenchimento de um cadastro.

São muitos os fatores que podem fazer a diferença para o sucesso ou insucesso de um redesign do site. Outra recomendação é fazer um benchmark nos sites de seus concorrentes, entendendo os seus elementos e vendo como sua disposição pode servir de exemplo para a obtenção de um melhor desempenho.

Para entender todos esses fatores, no entanto, é fundamental acompanhar e mensurar os dados. Por isso, o recomendado é que você tenha parceria com agências especializadas, que podem avaliar e mensurar as mudanças realizadas e apontar o momento ideal para fazer o redesign do site.

Quer saber como atingir esse objetivo e gerar tráfego para seu site? Entre em contato conosco que vamos ajudá-lo!