Por que unir as mídias tradicionais e as novas mídias em sua empresa?

A Internet e as novas mídias mudaram a forma como as pessoas consomem conteúdo e seus hábitos de compra. Essa transformação também fez com que surgissem novas formas de divulgar marcas e produtos, ampliando as opções das empresas. E agora? Em qual investir? Neste artigo, você vai descobrir a melhor opção para o seu negócio. Boa leitura! 

Antes, não havia alternativa: quem quisesse promover sua marca precisava anunciar na TV ou no rádio, comprar espaço nas revistas e jornais ou distribuir panfletos. Com a inovação da publicidade on-line, empresas menores também tiveram a oportunidade de ter um grande alcance de público, mesmo sem a verba para comprar 30 segundos no horário nobre. 

Isso não quer dizer que as mídias digitais vão engolir as tradicionais. Na verdade, unir as forças dos dois setores pode ser de grande ajuda para fortalecer a imagem da sua marca e aumentar as vendas, independentemente do tamanho do seu negócio. 

Diferenças entre a publicidade tradicional e a digital

Das duas formas, o seu prospecto está sendo impactado por um material da sua empresa e conhecendo a sua marca. A diferença vai além da plataforma pela qual você fez o contato. 

Na publicidade tradicional, a comunicação é unilateral, ou seja, só a empresa conversa com o espectador. Além disso, geralmente esse é um modelo bastante invasivo, uma vez que o comercial de rádio e a TV interrompem os programas preferidos da audiência, e os panfletos são entregues nas ruas sem solicitação. 

No digital, o cliente tem voz e a possibilidade de interagir diretamente com a marca por meio das redes sociais, de comentários no blog, de WhatsApp etc. Diferentemente das mídias off-line, no mundo digital, os anúncios são mais bem segmentados e só aparecem para pessoas com interesse no seu produto  o cliente pode escolher se quer ver publicações da sua marca ou receber conteúdos por e-mail.

Mídias tradicionais x novas mídias: onde investir?

Hoje, a maioria dos consumidores pesquisa on-line antes de realizar uma compra, mesmo que tenha interesse em comprar na loja física. Além disso, o número de usuários da Internet no Brasil cresce a cada ano, fazendo com que os assuntos comentados nas redes sociais pautem os veículos tradicionais. 

No entanto, a fatia de pessoas que assiste à televisão se mantém alta: segundo pesquisa do IBOPE, em 2014, eram 57%. A mídia tradicional inspira confiança e relevância no mercado, além de ser uma forma rápida de atingir o cliente, que já está ali, pronto para consumir o seu conteúdo. 

Por isso, vale a pena destinar uma parte do orçamento para o Marketing Digital, que requer um investimento consideravelmente menor, mas sem deixar de considerar o que você já está fazendo no espaço off-line. 

Marketing tradicional aliado ao Marketing Digital 

As novas mídias não vieram para substituir as antigas e, sim, para abrir mais um canal de comunicação entre sua marca e cliente. Um anúncio de televisão pode conscientizar a audiência de que a sua marca existe e levá-la para o site e as redes sociais, além de conferir-lhe credibilidade. 

Se o seu site, por sua vez, tem um conteúdo de qualidade e relevante, agrega valor e fideliza. E se, ainda, a sua marca se mostra disponível para atendimento em vários canais, o cliente fica satisfeito com a experiência. 

Melhor do que escolher um dos lados é buscar formas de uni-los, criando estratégias muito mais poderosas. 

Momento de utilização de cada mídia 

Se você quer ser encontrado por leads qualificados, vale a pena investir em Marketing de Conteúdo e SEO. O digital também é excelente para quem quer segmentar ainda mais o público: dá para fazer boas campanhas com R$ 100,00, e ser visto exatamente por quem você quer. 

A mídia off-line, por sua vez, é excelente para construir e fortalecer sua marca, mesmo com as pessoas que não buscam por seu produto no momento. É uma forma de despertar o desejo do consumidor de forma rápida e ter bons resultados. 

Agora que você já sabe que não precisa abrir mão do tradicional para investir nas novas mídias, descubra como fazer um planejamento de Marketing Digital para complementar a leitura!