WhatsApp Marketing: conheça os 3 erros e acertos dessa estratégia

WhatsApp: aplicativo de mensagens instantâneas e chamadas que tem proporcionado mudanças no marketing digital e nas vendas das empresas com o chamado WhatsApp marketing.

Esse sucesso é justificado, de acordo com a Endeavor, porque o aplicativo conta com mais de 600 milhões de usuários no mundo, dos quais 47 milhões, são brasileiros. Mais de 10 milhões de mensagens são trocadas e 96% delas são lidas instantaneamente, enquanto que a taxa de abertura de e-mails é de apenas 22%.

Recentemente, dada à crescente demanda pela utilização de uma plataforma tão rápida de comunicação pelas empresas, o Facebook anunciou o lançamento do WhatsApp Business.

Acompanhe nosso post, e saiba mais sobre este lançamento, bem como seus erros e acertos constantemente vistos nas estratégias de WhatsApp marketing.

WhatsApp Business

A necessidade de vender, gerar lucro e crescer é o ponto em comum de todas as empresas. Para que isso ocorra de maneira ordenada, são necessárias constantes investidas em marketing.

Com o WhatsApp Business, as empresas poderão se beneficiar com novas ferramentas como:

  • perfil verificado pela empresa constando foto, nome, localização, ramo de atuação, e-mail, site e até uma breve descrição do negócio;

  • a possibilidade de ver as estatísticas da conta como informações constando o número de mensagens enviadas, entregues, lidas e recebidas;

  • definir respostas automáticas para horários fora do expediente;

  • um calendário onde se escolhe os dias e horários em que não serão feitos atendimentos;

  • instalação independente do aplicativo tradicional.

O aplicativo terá plataforma que atenda tanto às pequenas, como médias e grandes empresas, mas enquanto não está disponível, listamos alguns erros e acertos na hora de fazer o WhatsApp marketing com seus clientes:

3 Erros

1. Não demore na publicação de respostas

Se o cliente tiver rapidez na resposta, pode nunca mais comprar o seu produto, ou pior, denegrir a imagem da empresa com outros consumidores. Para que isso não ocorra, reserve um tempo diário só para essa ação, ou contrate alguém caso a demanda de atendimento seja grande.

2. Não crie grupos específicos

A delimitação de grupos exclusivos por gênero, preferência sexual, idade, etc., podem despertar a ideia de exclusão por preconceito. Seja inclusivo.

3. Não seja cansativo ou invasivo

É importante saber dosar o volume de mensagens e o teor delas para evitar que o cliente sinta que sua intimidade foi desrespeitada.

3 Acertos

1. Tenha uma maneira própria de conversar com a persona

Conversar de forma mais intimista, como se a pessoa fosse um velho conhecido, é uma maneira intuitiva de demonstrar preocupação. Um exemplo de sucesso, é a linguagem utilizada pela Netflix nas respostas dadas aos seus consumidores.

Atente-se para o uso de todas as multimídias disponíveis. Produza vídeos, áudios e textos que não só promovam a marca, de forma explicativa e específica, como desperte o interesse pelo conteúdo disponibilizado de assuntos mais abrangentes.

2. Promova o engajamento das pessoas

O ideal é que as iniciativas de conversa não sejam feitas diretamente pelas empresas — e sim estimuladas por elas — por meio da criação de um conteúdo original que seja bom o suficiente para ser compartilhado organicamente com todos.

É importante fazer chamadas que incentive a interação dos participantes em outras plataformas usadas pela empresa, como Facebook e Instagram, por exemplo.

3. Opte pela exclusividade no atendimento

Esse é um fator determinante para o sucesso do WhatsApp marketing, já que o consumidor 4.0 é muito mais exigente e requer experiências mais personalizadas.

Por meio de uma conversa franca com seu consumidor, propiciada pela rapidez do feedback dado por essa plataforma, pode-se desenvolver projetos de melhoria do produto — e até mesmo do atendimento dado pela empresa em lojas físicas.

O planejamento do WhatsApp marketing será determinante para seu sucesso: estude as estratégias que serão mais eficientes para atingir o resultado que você objetivou.

Gostou desse conteúdo? Que tal compartilhar este post em suas redes sociais? Ele com certeza será útil para alguns dos seus amigos.